• Sarah Drechsel

Classificação de Grau de Risco das Famílias atendidas pela Estratégia da Saúde da Família do SUS.



Mesmo com todas as transformações pelas quais passou a Atenção Primária à Saúde no Brasil nos últimos anos, ainda acreditamos que a Estratégia Saúde da Família, com sua lógica de vínculos entre famílias, agentes comunitários e toda uma equipe de saúde, seja uma das mais acertadas estratégias desenvolvidas na saúde brasileira.


Sua lógica prevê que cada agente comunitário possua uma microárea sob sua responsabilidade e que, neste território, as pessoas sejam devidamente acompanhadas de acordo com a necessidade de cada família.


Para ajudar a entender as necessidades e fragilidades de cada uma das microáreas, o sistema Olostech possui uma ferramenta de Classificação de Risco das Famílias que, através de critérios socioeconômicos e clínicos de cada indivíduo, classifica cada família em uma matriz de risco baixo, médio ou alto.


Com estas informações, é montado um mapa através do qual os membros da equipe de Saúde da Família, assim como toda a gestão municipal, conseguem compreender as especificidades de cada área e traçar estratégias para atendimento às vulnerabilidades de cada uma delas.


Além dessa ferramenta, a Olostech dispõe de várias soluções desenvolvidas exclusivamente para a saúde pública brasileira.


40 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo