Notificação, Monitoramento e Automonitoramento

O que é:

Ferramentas altamente parametrizáveis para gerenciamento de diferentes crises sanitárias e situações de saúde.


Notificação de agravos e monitoramento para Gestantes.

> Estruturação de rede de notificação de gestantes;
> Monitoramento para acompanhamento;
> Gerenciamento de intercorrências;
> Monitoramento de gestações de risco;
> Integrado com regulação de exames.

Benefícios:

> Redução da mortalidade materno-infantil.

Notificação de agravos e monitoramento para Vigilância Epidemiológica.


> Estruturação de rede de notificação de agravos, incluindo instituições da saúde privada;
> Gerenciamento de todos os aspectos de  agravos de notificação compulsória, integrado às notificações registradas nos atendimentos da  rede;
> Monitoramento, possibilitando gerenciamento de crises agudas como Covid-19, Gripe A, Zika Vírus, e outras situações;
> Possibilidade de automonitoramento pelo próprio paciente via aplicativo;
> Inclusão de contatos para monitoramento
diário de casos suspeitos.

 

Benefícios:

> Gerenciamento de crises sanitárias, obtenção de dados, redução de deslocamentos 
desnecessários às unidades de saúde.

Autonotificação de situação em saúde.
> Disponível via aplicativo e portal;
> Permite ao cidadão informar condição de saúde (possíveis casos de síndrome gripal, dengue, etc.);
> Permite à Unidade fazer triagem e notificar o serviço de monitoramento.


Benefícios:

> Reduz o deslocamento do cidadão para as unidades de saúde e, ao mesmo tempo, garante a captação de casos suspeitos para o devido monitoramento e providências.

Usuário SUS fazendo automonitoramento utilizando ferramentas de telemedicina para notificação de agravos
elemento4.png