• Sarah Drechsel

Queda nas taxas de vacinação no brasil: como melhorar a cobertura vacinal no seu município?


"Reconquista de Altas Coberturas Vacinais" é o nome de um novo projeto coordenado pela Fiocruz, em parceria com a Secretaria de Vigilância em Saúde (SVS) do Ministério da Saúde, que tem por objetivo elevar os índices de vacinação para evitar a volta de doenças controladas e até mesmo erradicadas no Brasil. O projeto destaca a urgência de se retomar as taxas vacinais já alcançadas pelo Programa Nacional de Imunizações (PNI).


Além de dificuldades de acesso e falta de preparo de profissionais, há diversos fatores que precisam ser tratados de maneira regionalizada. Para além disso, o Brasil vive um cenário de "hesitação vacinal", em que as pessoas perderam a percepção do risco das doenças, ou seja, a cobertura vacinal no brasil é vítima de seu próprio sucesso.


Depois de décadas de sucesso do Programa Nacional de Imunizações

(PNI), seus números vêm caindo vertiginosamente. Em 2012, a cobertura vacinal média de todas as vacinas no Brasil era de 96,5%, já em 2021, esse número não alcançou os 68%.


Para além do engajamento em iniciativas nacionais como esta e da divulgação de campanhas, há diversas ações que a gestão municipal pode adotar para alcançar a população de seu município. Dentre elas, a utilização de ferramentas de tecnologia da informação pode ser uma delas.


Mas como a tecnologia pode auxiliar as gestões municipais a melhorar a cobertura vacinal?


Muito além do registro eletrônico realizado na sala de imunização informatizada que já envia os dados para o SIPNI, e-SUS e para a RNDS, aqui na Olostech, nossas soluções integram os avisos de vacinas a vencer diversos setores da rede de atenção à saúde. Dessa forma, quando o cidadão vai à farmácia básica retirar um medicamento, por exemplo, o sistema de farmácia alerta o operador do prazo de vacinação do usuário, ou de qualquer membro de sua família.


Além disso, os dados de vacina estão integrados nas ferramentas do Agente Comunitário de Saúde, que pode realizar a busca ativa desse paciente para que seja realizada sua vacinação.


O aplicativo e-Cidadão Saúde também é uma ótima ferramenta para garantir os prazos de vacinação, enviando alertas personalizados de vacinas a vencer e também conta com um serviço de mensageria que permite à secretaria de saúde comunicar campanhas de vacinação direcionadas a um grupo de pessoas ou a uma determinada região da cidade.


Ferramentas como essas podem contribuir e muito para aumentar a cobertura vacinal de seu município, pois, um software de gestão da informação completamente integrado em toda a rede de saúde municipal estabelece uma rede de cuidado que permite que todos os profissionais da saúde se tornem corresponsáveis pela saúde da população.


Fonte: https://www.epsjv.fiocruz.br/sites/default/files/poli_83_web.pdf

11 visualizações0 comentário